4 erros bobos que as pessoas cometem quando compram um carro

A compra de um veículo trás junto dela uma mistura de sentimentos e demonstrações…


Podem transmitir status, personalidade ou até mesmo individualidade com os acessórios que colocamos neles. 


Quando vemos uma pessoa dirigindo um sedan com um adesivo de uma família feliz na traseira, é relativamente fácil notar que o veículo pertence a alguém que tem orgulho da construção de seu lar.


Ou, quando vemos uma pessoa bem-vestida dirigindo um carro de 100 mil reais, logo pensamos que esta pessoa é rica.


Comprar um carro novo é algo emocionante…


Você lembra quando comprou o seu? Pode lembra muito bem o sentimento!


Ou se esta em busca do seu primeiro… Esta sentindo na pele o que estou falando!


É uma época em que você pode mudar a imagem que veio junto com seu veículo antigo e também que você pode comprar os recursos e tecnologias de última geração que talvez não estavam no mercado quando você comprou seu último veículo. 


Ou seja, dar um Plus…


Para aqueles que dirigem um automóvel “caindo aos pedaços”, comprar um carro novo é especialmente emocionante, já que um simples passeio, com sistemas que funcionem bem e conforto que antes não existiam, podem trazer um prazer novo, algo não presente em seu carro antigo. 


Algumas pessoas estão ansiosas para simplesmente ter um carro que não irá quebrar periodicamente… Sim existem rsrs


Tudo muito lindo, tudo muito legal…mas, no meio de toda essa emoção, as pessoas cometem erros ao comprar um carro. 


Com base na minha experiência pessoal e conversando com alguns especialistas da área, descobri alguns desses erros e vou ensinar você a como evitá-los. 

 

1 – Pesquisa inadequada

pessoas realizam pesquisas online antes de comprar um carro


Existem alguns sites que fornecem informações essenciais que você precisa saber sobre um veículo antes de compra-lo, como por exemplo, consultar seu valor na tabela FIPE, vasculhar seu histórico e comentários de outros donos, do mesmo modelo que você quer.


Embora algumas pessoas usem esses recursos e estudam a Bíblia do Comprador de Carros em seu benefício, ainda há uma parcela de compradores de carros  que não usam esses recursos. 


Você não quer ser um deles e cometer erros, certo!?


Como se preparar então…Você precisa colher informações sobre o modelo que esta querendo comprar, como, consumo, problemas crônicos, benefícios entre outras coisas…


Fóruns e grupos de internet podem ser uma mão na roda pra isso.


Por fim, reserve um tempo para analisar o ofertas várias concessionárias e sites.


Isso aumentará seu conhecimento sobre os preços dos concorrentes e também limitará significativamente sua pesquisa.

 

2 – Não avaliar seu orçamento pessoal e finanças

Não avaliar seu orçamento pessoal e finanças

 

Antes mesmo de entrar na concessionária ou visitar um veiculo de um particular, você deve examinar seu orçamento com um pente fino. 


Sim, você precisa fazer contas!


Se você já leu a Bíblia do Comprador de Carros descobriu que a compra de um carro envolve muito mais que apenas o custo de tabela dele.


Descubra exatamente quanto você pode gastar em um pagamento de veículo.


Custos extras como seguro, seguro DPVAT, IPVA, consumo,  entre outros devem entrar na conta.


Umas das piores coisas que você pode fazer é basear o preço e o valor do pagamento do seu veículo apenas no valor mensal acordado com a concessionária, e o que eles o aprovarão.


Se você pretende negociar o seu carro atual como parte do pagamento, você deve saber o valor de avaliação do seu carro antes de visitar a concessionária e também, saber os valores que resta de alguma divida (se houver) que você deve no seu financiamento anterior. 


Para saber o valor real, você deve consultar a tabela FIPE e também pode consultar sites de compra e venda de automóveis, examinando carros do mesmo modelo que o seu.


Mas lembre-se, a tabela FIPE baseia-se em carros sem detalhes.


Se o seu carro esta com algum problema, ou algo a fazer, deve ser abatido do valor de pedida.


Uma ultima dica, vender seu carro para um particular na maioria das vezes é mais interessante que negocia-lo numa loja.

 

3 – Não considerar as opções

Não considerar as opções


A maioria das pessoas que entram numa concessionária, escolhem um carro, assinam os papéis e deixam o pessoal da loja liderar a transação toda…


Muitas vezes acabam gastando mais do que queriam. 


Visitar cada concessionária possível e carros de particulares, podem ajudar nisso.


Se você não tem condições de pagar o carro a vista,  obtenha a pré-aprovação de um banco ou cooperativa de crédito para que a concessionária tenha que competir com essas taxas, se quiserem fazer um financiamento de um veículo pra você. 


Se a loja não poder competir com as taxas que você conseguiu, isso será um ponto negativo pra eles…


Ter essa opção fornece a vantagem a você na negociação.


Além disso, entre em contato com sua companhia de seguros, bem como algumas outras companhias de seguros, antes de fazer a compra. 


Estude e descubra o custo estimado para garantir suas melhores escolhas, para que assim você possa incluir os custos de seguro em seu processo de tomada de decisão…


Também é prudente descobrir se sua o valor da franquia da sua companhia de seguros, caso não seja pego de surpresa se precisar usar.


Finalmente, dê a si mesmo algum espaço e manobra para negociações. 

 

4 – Compra por impulso

Você esta na rua, num ponto de ônibus e passa aquele carro lindooo…


E logo você pensa “É esse carro que eu quero ter, é assim que eu quero andar”


Quando você vê aquele SUV bonito, com a multimídia, câmera de ré, sistema de som integrado e interior de couro, é realmente difícil não se apaixonar. 


Acontece né!?


Mas, é melhor gastar tempo para encontrar o carro certo do que se apressar em comprar no impulso. 


Um carro é uma compra séria, e depois de uma casa, muitas vezes é a maior compra que as pessoas fazem.


Em uma compra dessa proporção, é essencial que você tome uma decisão com uma atenção e calma do mesmo tamanho.


Se você se sentir muito ansioso para fechar negócio e ir pra casa no modelo escolhido, provavelmente é melhor deixar a concessionária e voltar outro dia, com a cabeça mais calma.


Como já dito, o ideal é você pesquisar em várias concessionárias antes de tomar uma decisão de compra e minimizar os riscos de um péssimo negócio.


Dicas simples né?


E como sempre digo, por ser simples a maioria das pessoas não fazem.


Não seja uma delas, boa compra e Fique atento!

 

 

 

 

Posts Relacionados